HISTÓRICO DESTAQUES - HIGHLIGHTS

Festival Flamenco.png

Festival Flamenco de Lisboa 2011.

Coliseu de Lisboa


Titulado "Paloma", com versos de Rafael Alberti, arranjo musical por Alegrías de Diego el Gavi e Marco Alonso.
Baile: Alejandra Gutkin e João Lara.

Sic Parade, Av. Liberdade 2007

Alejandra Gutkin e bailarinas da EFO apresentaram uma  interpretação coreográfica de Transflamenco com bengalas, fusionando o Flamenco e o Rock.


Música da C.ª Custom Circus e em formato móvel  sobre uma das viaturas teatrais que compunham a parada que esta companhia realizou.

Sic Parade 2.jpg
convento beato.jpg

Convento do Beato 2010

«Al Rojo Vivo» um espetaculo de  flamenco e sevilhanas, como flores de "um vermelho incandescente" que perfumam e vivificam  tudo o que tocam, representanto a festividade, a estética e a força que foi  enriquecendo esta herança cultural.

Santiago Alquimista 2006

Primeira de 17 edições consecutivas, do evento "Encontro de Escolas de Flamenco e Sevilhanas", uma iniciativa de Alejandra Gutkin com produção própria.
Ao longo de estas edições pisaram este palco as mais emblemáticas escolas com os seus alunos professores e aficionados de esta arte.

Santiago Alquimista.jpg

Transflamenco, Auditório Ruy de Carvalho 2015.

Estética criada por Alejandra Gutkin desenvolvida progressivamente a partir de 2005 nos seus espetáculos, é uma nova abordagem flamenca, visando uma transcendência rumo a outros imaginários, tais como o Blues, o Fado, a Pop, Broadway, entre muitos outros. 

Museo do Oriente, 2018

Com Fernando Tordo,  Alejandra Gutkin e Sónia Peres apresentam coreografía de Transflamenco, uma interpretação da canção portuguesa da autoria de F. Tordo, na comemoração da Liga dos Direitos Humanos.

Direitos_Humanos_0.jpg

Custom Café «Abril in Lisbon» 2012.

Espectáculo apresentado por Alejandra Gutkin e bailarinas da Escola Flamenca, numa noite emblemática, onde a EFO recriou em Lisboa tematicamente o ambiente estético vivido nas Feiras Andaluzas, tão caracteristico da famosa "Feria de Sevilha", que ocorre em Abril. Na qual participaram centenas de aficionados.

Muro da Fama,  Nirvana Sudios 2008.

Atribuição de estrela de reconhecimento pelos Nirvana Studios O Centro Cultural Alternativo.

O Muro da Fama destaca personagens de áreas conceptuais e das artes que directa ou indirectamente, ajudaram na consolidação da comunidade Nirvana Studios.

estrela Ale 2_A.jpg
Comp Custom Circus.jpg

1ª temporada do Espectáculo Le Cabaret Rock 2012.

A convite dos Custom Circus a Cª Alejandra Gutkin fez parte da primeira geração de artistas que apresentaram no Teatro Custom Café os espectaculos de abertura à extensa produção teatral Le Cabaret Rock.
Em representação da Cª Alejandra Gutkin a EFO  marcou presença regular ao longo dos seguintes espectáculos:  Bizarre Chic, 2014 A viagem 2015/16 Absurdium 2017/19, Going Crazy 2021/22.

Flamenco Blues, 2016

Graças à liberdade das asas coreográficas do Transflamenco, Alejandra Gutkin interpretando uma bailaora country, cria uma performance em parcería com o músico e compositor Michel Gigolo, (aka 1ManBlues), com estreia no Santiago Alquimista em 2007.

Esta coreografia esteve na origem do futuro conceito Flamenco-Blues que incorpourou na sua apresentaçao o corpo de baile de representação da EFO, estreada no auditório Ruy de Carvalho e posteriormente apresentada no Teatro Custom Café.

Artistas_Blues_27_Jan.jpg

Casino de Lisboa, 2010.

Participação no filme de longametragem Laudamus Vita, produção de EasyWay, Realização Danilo Warik.

Nesta coreografía para Rock Altermativo Alejandra Gutkin com o seu Transflamenco revela a plasticidade que o Flamenco  pode permitir, potenciando a sua teatralidade pela exploração da sua força e rasgos emotivos de paixão e loucura.
Intérpretes: A. Gutkin e Patrícia Querido.

Toda a sequência de esta cena foi filmada em movimento na plataforma elevatória do Casino de Lisboa.